• quarta-feira, 19 de setembro de 2018
  • 06:43 Icone do tempo--ºC / --ºC

Internacional

12/7/2018 às 15h25

Michael Jackson foi 'quimicamente castrado' pelo pai, afirma o médico Conrad Murray

Segundo a revista People, o cardiologista envolvido na morte do astro pop informou que o cantor passou pelo procedimento para manter a voz aguda.

Conrad Murray, durante o seu julgamento em Los Angeles, nesta quarta-feira (5) (Foto: Mario Anzuoni/Reuters) Conrad Murray, durante o seu julgamento em Los Angeles, nesta quarta-feira (5) (Foto: Mario Anzuoni/Reuters)

Conrad já havia afirmado que Joe "foi um dos piores pais da história" e disse que "Michael experimentou a crueldade nas mãos de seu pai". As citações foram repercutidas também pela revista People e outros sites internacionais.

“O fato de ele ter sido ‘quimicamente castrado’ para manter sua voz aguda é algo indescritível”, relatou Conrad.

Esta não é a primeira vez que o médico fala sobre o assunto. Em seu livro “This Is It! The Secret Lives of Dr. Conrad Murray and Michael Jackson”, lançado em 2016, o médico acusa Joe de forçar Michael a tomar injeções de hormônio aos 12 anos de idade para curar acne e prevenir a mudança de voz.

Conrad foi condenado em 2011 por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), e cumpriu dois anos de prisão por administrar alta dose de propofol ao cantor, morto em 2009.

 
Joe Jackson acompanha o filho, Michal Jackson, em tribunal, em maio de 2005  (Foto: AP Photo/Ric Francis, Arquivo)

Joe Jackson acompanha o filho, Michal Jackson, em tribunal, em maio de 2005 (Foto: AP Photo/Ric Francis, Arquivo)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também