• segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
  • 03:35 Icone do tempo--ºC / --ºC

cidade

7/12/2017 às 19h04

Prefeito Juliano faz balanço do primeiro ano de governo e fala das expectativas para 2018

O chefe do Executivo dracenense avalia as dificuldades enfrentadas em 2017 e apresenta balanço positivo das conquistas e perspectivas para 2018

Juliano Bertolini faz uma avaliação de 2017, com expectativas otimistas para Dracena no próximo ano (Foto: Lucas Mello/JR) Juliano Bertolini faz uma avaliação de 2017, com expectativas otimistas para Dracena no próximo ano (Foto: Lucas Mello/JR)

No 72º aniversário de Dracena, comemorado amanhã, 8, o prefeito Juliano Bertolini, faz um balanço do primeiro ano de seu governo e ressalta que a maioria das conquistas de 2017, serão viabilizadas para o município a partir de 2018. “Será um ano de concretizar os projetos que trabalhamos para conseguir nesse ano tanto a nível estadual como federal”, explica.

Bertolini faz a avaliação desde o primeiro dia que assumiu a Prefeitura, em 1º de janeiro. “Herdamos um déficit financeiro de R$ 10 milhões em compromissos da Prefeitura, nos primeiros 20 dias de janeiro a máquina administrativa quase parou, impossibilitada de receber tributos pela falta de atualização do sistema bancário, o ano econômico foi terrível para os municípios com drástica queda do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e em Dracena caiu mais de 30%”.

Além do déficit financeiro e o impacto da queda de tributos, principalmente do FPM, o prefeito aponta os dois desastres naturais que causaram prejuízos ao município.

A chuva de granizo em 19 de maio que gerou um custo de R$ 3,5 milhões para o município e os alagamentos causados pela chuva torrencial de 4 de novembro.

Acrescenta a isso, conforme Juliano, convênios sem prestação de contas que precisaram ser atualizados para não perdê-los, remédios e tratamentos de saúde determinados pela Justiça que somaram cerca de R$ 1 milhão, verba que não constava no orçamento.

“Por isso foram necessárias decisões drásticas, hoje a Empresa Municipal de Saúde (EMS) é deficitária e na Empresa de Desenvolvimento, Água, Esgoto e Pavimentação (Emdaep), além da dívida histórica de parcelamentos com o Governo Federal,havia um débito de R$ 1,5 milhão, e falta de materiais para realizar as obras desde pedras, areia e tubos. Tivemos  muito trabalho para avançarmos nesse ano, primeiro para “preparar a casa” (Prefeitura) e ao mesmo tempo manter contatos com os governos estadual e federal em audiências para conseguir recursos e neste aspecto destaco a atuação  política dos deputados estadual Reinaldo Alguz e federal Evandro Gussi,  de fundamental importância. Nos abriram as portas tanto junto ao Governo do Estado como a União”, pondera Bertolini.

REALIZAÇÕES– Apesar da situação econômica difícil do município onde somente na folha de pagamento dos servidores são gastos cerca de 53% de todo orçamento municipal, Bertolini ressalta expressivas conquistas para o município em 2017.

“Conseguimos uma universidade pública, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), com quatro importantes cursos, engenharia da computação, engenharia de produção, licenciatura em matemática e pedagogia. O ensino à distância é a tendência atual e as aulas da Univesp são com professores da USP, Unesp e Unicamp, das 200 vagas oferecidas, 119 alunos aprovados são dracenenses”,afirma.

RECAPE – Para o recapeamento asfáltico, o prefeito reforça a conquista de R$ 2,5 milhões, desse valor, R$ 1 milhão por meio do deputado Gussi e  R$ 400 mil do governador Geraldo Alckmin, mais as emendas de deputados federais,comoRenata Abreu, Arnaldo Faria de Sá, Baleia Rossi, entre outros parlamentares.Esses recursos para o recape, salienta o prefeito,estão prestes a serem liberados.

CCI – Bertolini destaca também a conquista de um Centro de Convivência do Idoso (CCI), projeto do governo estadual de R$ 329 mil, com obra em andamento, no Parque do Bosque, Jardim Brasilândia.

CRECHE SANTA CLARA –O chefe do Executivo aponta ainda o convênio recuperado com o Governo do Estado parafutura construção da creche no Jardim Santa Clara, orçada em R$ 2 milhões.

Para a Atenção Básica de Saúde, emenda do deputado Gussi conseguiu para o município junto ao Ministério da Saúde, emenda de R$ 600 mil. Ainda para a Saúde, há uma emenda de R$ 200 mil do deputado Roberto Lucena, prestes a ser liberada.

Juliano anuncia nova iluminação que será instaladaa partir da rotatória da Coimma, na SP-294, até a empresa Takahashi,na avenida Washington Luiz, serviços previstos para começarem ainda nesse ano.

“Também conseguimos um novo carro para a Vigilância Sanitária e estão em licitação autorizados pelo governo estadualum ônibus adaptado e uma ambulância”, acrescenta.

MELHOR CAMINHO–O prefeito informa que nesse ano foram feitos reparos em 30 kmde estradas rurais. “Dracena também foi beneficiada com 5 km do Programa Melhor Caminho pelo Governo do Estadoque irá atender três estradas entre Dracena e o distrito de Jamaica”, afirma. Já na zona urbana, foram realizados 15 mil m2 de tapa-buracos.

CASAS POPULARES – A grande conquista para Dracena neste ano, na avaliação do prefeito, são as 300 casas populares em parceria da Prefeitura, governos estadual e federal.

“A CEF está apresentando os projetos para as empresas que irão construir as casas e o Governo do Estado vai definir por qual programa serão implantadas. O investimento será de R$ 33 milhões que irá movimentar a economia do nosso município”, salienta.

CARTÃO ALIMENTAÇÃO– Oprefeito destaca ainda o aumento real de 10% no valor do cartão alimentação. “O que significa aporte financeiro de R$ 4,4 milhões/ano no comércio dracenense”, informa, explicando que as compras pelos cartõessó podem ser feitas no comércio da cidade.

Mas o prefeito alerta que o momento é de corte nos gastos em razão das despesas elevadas e a queda na arrecadação. “Ou fazemos investimentos ou pagamos os servidores, optei em pagar os salários dos funcionários”, diz.

Juliano também ressalta o concurso público em 2018 que a Prefeitura vai realizar para preencher 42 vagas. “São novos empregos para o município”, aponta, ressaltando que novos professores serão contratados para as escolas municipais (Emeis e Emefis).

FÓRUM E PRAÇA – “Nesse ano conseguimos também o convênio com o Tribunal de Justiça (TJ) no valor de R$ 2,6 milhões para ampliação do fórum epor intermédio do deputado Gussi está autorizado junto ao Ministério do Turismo,verba de R$ 500 mil para reforma da praça Manoel Galeno, em homenagem aos 70 anos da colônia japonesa em Dracena.

As perspectivas para 2018, de acordo com o prefeito é Dracena se transformar em um canteiro de obras, em razão dos convênios e emendasfirmados nesse ano.

“Economicamente só vamos crescer se o País também avançar, 2018 será um ano de eleições que restringe novos convênios erepasses,mas temos um trabalho desenvolvido  nesse ano que irá se realizar em 2018. Peço à população não perder a fé e a esperança, essa é a melhor forma para o crescimento”, conclui o prefeitoao cumprimentar a população dracenense pelo 72º  aniversário do município.

 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também