• segunda-feira, 22 de outubro de 2018
  • 16:26 Icone do tempo--ºC / --ºC

Saúde

19/10/2014 às 03h05

Ir ao banheiro se tornou uma tarefa dolorosa? Você pode estar com cistite

O que é normal para a maioria das pessoas é um tormento para quem tem infecção na bexiga. De repente, bate aquela vontade de ir ao banheiro, mas na hora de urinar... nada. Pouco tempo depois surge a mesma vontade. Isso pode ser infecção urinária, conhecida também como cistite.

O problema é causado por bactérias presentes no intestino – e importantes para a digestão – mas que em contato com a uretra, e chegando à bexiga, causam infecção ou inflamação. Em casos mais graves estas bactérias podem se acoplar nos rins.

O médico Rogério Leão, ginecologista membro do corpo clínico do Centro de Reprodução Humana do IPGO (Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia) e consultor da Netfarma, principal farmácia online do país explica que qualquer pessoa está sujeita ao problema, mas as mulheres são as mais propensas a adquirir a infecção. “Como a uretra da mulher é mais curta do que a do homem e está mais próxima do ânus, a chance de as bactérias chegarem à bexiga são muito maiores.”

O ginecologista e membro do IPGO conta que na maioria dos casos o próprio corpo, com a ajuda da ingestão de líquido, expele as bactérias. “Caso o germe prolifere Na bexiga ou uretra é receitado o uso de antibióticos, após a identificação da bactéria por meio do exame de urina”, afirma o Dr. Leão.

Rogério ressalta que é importante o paciente não parar o tratamento medicamentoso, que em geral dura de 7 a 14 dias. “Após uma semana, muitos pacientes interrompem o uso dos remédios precocemente por notar melhora significativa. Mas isto é perigoso, a infecção pode voltar mais agressiva.”

SINTOMAS – Pessoas com cistite apresentam vontade excessiva de urinar; dores, arrepios e ardores fortes ao urinar; urina turva e em alguns casos com sangue e às vezes febre. Nesses casos, é fundamental procurar o médico ginecologista, no caso das mulheres, ou urologista, no caso dos homens.

A seguir, o ginecologista dá algumas recomendações de como prevenir a cistite nas mulheres, as mais afetadas pelo problema: Beba bastante líquido, especialmente água, que ajuda a eliminar as bactérias; Mantenha a higiene pessoal em dia; após usar o banheiro, limpe-se de frente para trás; Não retenha a urina; ficar longos períodos sem urinar pode predispor a infecção; Evite o uso de roupas íntimas apertadas ou de tecidos que atrapalham a transpiração; prefira as calcinhas 100% algodão. (Fonte: Netfarma)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também